sábado, 28 de junho de 2014

NUNCA NA HISTÓRIA DAS COPAS UM CRAQUE SOLITÁRIO CHEGOU A GRANDE FINAL.

Estamos nas quartas de finais da copa do mundo desta vez aqui no Brasil, nossa seleção vive um momento de desconfiança por parte da grande maioria dos seus torcedores, que depositam em NEYMAR, suas maiores esperanças em chegar a grande final dia 13 de julho.
Nos temos mil e um motivos para não torcer tanto assim pela Seleção, mais fazer o quer, é só a bola rolar e estamos todos unidos em um só corrente pela vitória do nosso Brasil.
O futebol, evoluem a cada ano, novos craques aparecem, e novos ídolos ganham o carinho e admiração da população, quem não quer ter vários craques em uma só equipe, até lá na várzea é bom ganhar, ser campeão, imagine em uma copa do mundo.
Estamos no inicio da segunda fase, hoje passamos um sufoco para vencer nas cobranças de pênaltis o Chile, e olhe que essa não é o nosso grande rival no futebol Sul-Americano, basta lembrar da Argentina, ainda bem que ela pode até pintar na nossa frente, mais isso depende de quem de nos. Nos quem? antes do NEYMAR, agora podemos contar também com o Julio César (goleiro), quem sabe amanhã outro, sei lá.
Fato mesmo é! estamos acostumados a presenciar grandes gerações vestindo nossa camisa amarela exemplo mais recente para não falar no Pelé e Garrincha, da dupla de atacantes BEBETO e  ROMÁRIO ou do famoso trio: RONALDO, RIVALDO , RONALDINHO GAÚCHO, laterais como ROBERTO CARLOS e CAFU.
Fazer o que? agora é torcer e só. Esperar que Deus seja Brasileiro e que a bola puna quem vem melhor na competição já que estamos distante da perfeição e longe de convencer até o mais leigo que acompanha o futebol.
Agora fica uma pergunta, nessa seleção não tinha uma vaguinha para o CACA, GANSO, LUIZ FABIANO?